terça-feira, 23 de novembro de 2010

Amanhecer no Pago

Sou a alma das madrugadas, templado pelo rigor,
cheirando a barro de mangueira e poeira de corredor.
Sou lusco fusco da aurora anunciando um novo dia,
escutando berro de touro no silêncio da calmaria.
Sou tilintar das esporas ao compasso do troteador,
tapeando um bagual de rédeas no oficio de domador.
Pelas invernadas pampianas onde deixei meu rastro,
trago a querência nos tentos e ainda um cheiro de pasto.
Com gritos de forma cavalo às vezes acordo sonhando
que estou no lombo de uma coxilha, solito, camperiando.
Nesta milonga de anceios eu clamo por liberdade,
pois me sinto embretado nos muros de uma grande cidade.

Fernando Almeida

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

sábado, 25 de setembro de 2010

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Meu Autógrafo

“Estarei autografando meu Livro "Amanhecer no Pago" dia 15/09/10 às 14h30min na ABCTG Parque de Eventos em Bento Gonçalves RS.”

sábado, 4 de setembro de 2010

Meu Autógrafo

Estarei autografando meu Livro "Amanhecer no Pago" No Piquete da Leitura, Parque da Harmonia, Porto Alegre dia 12/09/10 às 16 h.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Meu Autógrafo

Estarei autografando meu Livro "Amanhecer no Pago" na 56ª Feira do Livro de Porto Alegre dia 06/11/10 às 16h30min.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Rádio Gaúcha

Estarei na Rádio Gaúcha 600 AM
domingo dia 22 de agosto às 7h da manhã
falando sobre meu livro "Amanhecer no Pago"

domingo, 11 de julho de 2010

Minha homenagem ao poeta Getulio Mossellin

O poeta e declamador Getulio Mossellin, recebendo uma homenagem
por ter colaborado no lançamento do Livro "As Raízes da Tradição"
no ano de 2008 e também do Livro "Amanhecer no Pago" em 2010
de Fernando Almeida, por ter preparado um arroz de carreteiro
nos dois eventos. 

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Lançamento do meu Livro "Amanhecer no Pago" Editora Martins Livreiro

                                                                                                                                                                          

Títulos das poesias:

Amanhecer no Pago
O Nascimento de um Taura
Gurizito Campeiro
Corredor de Estrada
Mês de Agosto na Estância
Mulher de um Farroupilha
Pais e Filhos
Passo das Capivaras
Cordeona
Estação Ferroviária
Plantando Tradição
Pra ti Mulher
Domador
Globo Aquecido
Tu, Velha Carreta
O Dinheiro
Primavera
Reminiscência Missioneira
Quando Nasce o Amor
Amor Campo afora
Saudade do meu Rincão
De Volta à Querência
Prece a Jesus
Glossário

terça-feira, 25 de maio de 2010

Lançamento no CTG Brazão do Rio Grande

Está a venda email: fernandoalmeida1954@gmail.com

Autografando "Amanhecer no Pago"

Com minha prenda

Lançamento do meu Livro Amanhecer no Pago

domingo, 14 de março de 2010

Fronteira e Pampa


Nasci no alto de uma coxilha, lá pras bandas da fronteira,
onde a geada é grande e o minuano sopra mais forte.
Em Catuçaba, São Gabriel, Rio Grande do Sul.
Conheço a lida de campo e como se ata um bocal
porque me criei lidando com gado e domando bagual.
Fui carreteiro, tropeiro e peão de estância.
Migrei para a cidade grande em busca de progresso,
mas minha alma está sempre viajando sebre as coxilhas
deste meu Rio Grande.
E nunca vou perder as raízes que me unem à tradição.
Nestes versos que faço, mostro minha identidade, de um gaúcho
que tenta resgatar os nossos costumes .
Que fique para sempre em nossa memória, mesmo paralelo
com a tal de evolução.
Com um grito de guerra, viva a nossa tradição!